Projetos e pessoas extraordinárias que estão a mudar o mundo


Navigation Menu+

Ana Pracaschandra

Fev 13, 2014 by

64093_10151389763530030_1359700466_n

Se há desafio grande para ela é falar sobre si mesma. Vive habituada a fazer perguntas aos outros e sente-se sempre desajeitada no que toca à primeira pessoa.

Desajeitada a falar sobre si mesma. Inquieta por natureza, sempre curiosa e com uma pergunta na manga. É observadora e a maior parte do tempo gosta de se guiar pelo hemisfério direito do seu cérebro. É intuitiva, emocional e apaixonada por 1001 coisas ao mesmo tempo.

 

Considera-se uma especialista em multitasking, o que lhe confere o “poder” de ser distraída e atenta a tudo ao mesmo tempo.

 

Há 28 anos atrás nasceu ela menina e moça, em plena cidade alfacinha. Desde cedo curiosa por aprender mais sobre si e sobre os outros, viu que tinha jeito para fazer perguntas e acabou por se licenciar em Comunicação Social. A par e passo sempre se interessou pelas temáticas das artes e da psicologia. Inquieta por natureza e uma eterna curiosa, acabou por se certificar em Coaching e Inteligência Emocional (lá está, aqui pôde aplicar a sua capacidade inata de “fazer perguntas”) e posteriormente especializou-se em Metodologias Expressivas Aplicadas à Educação, Comunidade e Saúde no ISLA. De formanda, passou a formadora assistente de Diego Parra Duque (sócio da Katharsis na Colômbia e especialista em Inovação e Criatividade) no módulo de Pensamento Criativo, nos Jovens Activos, desde 2011. Paralelamente exerceu actividade como jornalista no âmbito cultural em três revistas online. Realizou vários cursos na área da representação. Mais recentemente tem vindo a estudar a arte do clown em Barcelona com Caroline Dreams (formadora de performers do Cirque du Soleil) e com Mick Barnfather em Londres. Certificou-se como Líder de Yoga do Riso através da escola do Dr. Madan Kataria.

Acredita na expressão, nos jogos e nas artes como catalisadores do desenvolvimento e da mudança. Com base nisso, em conjunto com Telmo Ramalho fundou um projecto de transformação pessoal através do lúdico – Os Ludodependentes. Acredita que a vivência é o caminho para a descoberta, e que o lúdico é uma porta aberta para melhoria da qualidade de vida e do desenvolvimento humano.

Aceitou com muito agrado a proposta para colaborar como jornalista neste projecto transformador e visionário que é a IM Magazine. Acredita que quando estamos alinhados com a nossa essência, o Universo retribui com a concretização dos nossos sonhos, afinal foi para isso que cá viemos, não foi? O inicio da sua colaboração na IM foi o inicio de um sonho realizado.